WhatsApp Image 2022-04-14 at 11.32.02
WhatsApp Image 2022-02-09 at 13.20.53
WhatsApp Image 2022-01-08 at 06.02.50
odonto-acre-1024x325-1-300x95
Propaganda GoVista
previous arrow
next arrow

Lula cresce no Rio e passa Bolsonaro, diz Genial/Quaest

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) cresceu 4 pontos percentuais no Estado do Rio de Janeiro, segundo pesquisa Genial/Quaest divulgada nesta 5ª feira (14.jul.2022). Agora, o petista e o presidente Jair Bolsonaro (PL) estão tecnicamente empatados na corrida eleitoral para o Planalto no Estado: Lula com 39% das intenções de voto, enquanto Bolsonaro tem 34%.

Na sequência, vem Ciro Gomes (PDT) com 6%. Simone Tebet (MDB) e André Janones (Avante) aparecem empatados com 2%. Os demais pré-candidatos têm 1% ou menos. Indecisos, nulos e brancos são 4%. Entre os entrevistados, 11% disseram que não pretendem votar.

A pesquisa ouviu 1.200 eleitores a partir de 16 anos no Estado do Rio de Janeiro, de 8 a 11 de julho. A margem de erro é de 2,8 pontos percentuais para mais ou menos, com índice de confiança de 95%. Está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com os números RJ-05160/2022 e BR-04560/2022. Custou R$ 123.500,00, pagos pela Genial Investimentos. Eis a íntegra do levantamento (27 MB).

Na pesquisa anterior, feita em maio, Lula e Bolsonaro estavam empatados. Ambos registravam 35% das intenções de voto no Estado.

Entre as mulheres, Lula tem ampla vantagem sobre Bolsonaro: são 41% contra 28%. O cenário se inverte entre os homens. Bolsonaro aparece na frente, mas dentro da margem de erro: são 41% a 38%.

Os mais jovens, de 16 a 24 anos, também preferem o petista, que tem 49% das intenções de voto, contra 27% do seu rival. O mesmo é registrado entre os que têm mais de 60 anos. Nesse público, Lula ganha por 40% a 30% no Estado. Nas outras faixas etárias, há empate técnico.

Vídeo relacionado: Lula da Silva está na frente das sondagens para a presidência do Brasil

Também segundo a pesquisa Genial/Quaest, os mais pobres, com renda familiar de até 2 salários mínimos, votam mais em Lula: são 47% contra 28% de Bolsonaro. Em famílias com renda de 2 a 5 salários (38% de Bolsonaro e 36% para Lula) e nas que ganham mais de 5 salários (37% de Bolsonaro e 34% de Lula), os candidatos aparecem tecnicamente empatados.

O presidente tem mais votos na baixada fluminense (39% de Bolsonaro contra 38% de Lula) e no interior do Estado (37% de Bolsonaro contra 35% de Lula), apesar de os resultados estarem empatados na margem de erro. Na capital, o ex-presidente aparece na frente: tem 44% das intenções de voto, contra 27% do seu opositor.

Bolsonaro registra ampla vantagem entre os evangélicos (51% contra 24% de Lula). Já os católicos dizem que devem votar em Lula (44% contra 28% de Bolsonaro).

2º TURNO

Em uma disputa de 2º turno entre Lula e Bolsonaro, o petista venceria no Rio por 47% dos votos contra 38% do atual chefe do Executivo. Os eleitores indecisos são 2%, enquanto brancos, nulos e os que dizem não pretender votar somam 13%.

AGREGADOR DE PESQUISAS

Poder360 mantém um acervo com milhares de levantamentos com metodologias conhecidas e sobre os quais foi possível verificar a origem das informações.

Há estudos realizados desde as eleições municipais de 2000. Trata-se do maior e mais longevo levantamento de pesquisas eleitorais disponível na internet brasileira. O banco de dados é interativo e permite acompanhar a evolução de cada candidato. Acesse clicando aqui.

As informações de pesquisa começaram a ser compiladas pelo jornalista Fernando Rodrigues, diretor de Redação do Poder360, em seu website, no ano 2000. Para acessar a página antiga com os levantamentos.

comentarios
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.