WhatsApp Image 2022-04-14 at 11.32.02
WhatsApp Image 2022-02-09 at 13.20.53
WhatsApp Image 2022-01-08 at 06.02.50
odonto-acre-1024x325-1-300x95
Propaganda GoVista
previous arrow
next arrow

Funcionários de escolas particulares do AC passam por treinamento para possível retorno das aulas presenciais

Brasiléia, Acre

Sem data definida ainda para retorno das aulas presenciais, os servidores da rede privada de ensino do Acre vão iniciar um treinamento com equipes da Vigilância Sanitária sobre os protocolos e medidas de segurança contra o coronavírus. O treinamento começa nesta quinta-feira (3) com carga horária de 10 horas e por videoconferência.

Em agosto, a rede privada anunciu que pretende retomar as atividades presenciais das aulas ainda este ano. Para isso, o Sindicato das Escolas Particulares distribuiu cartilhas de orientações aos pais sobre o retorno.

Sindicato divulgou também um plano de retomada montado com especialistas de São Paulo. Esse material foi entregue para o governador Gladson Cameli e a prefeita Socorro Neri e aguarda aprovação dos gestores.

“Vai ter um treinamento com os técnicos da Vigilância Sanitária com todos os servidores das escolas sobre as medidas de segurança que devem ter, primeiro com a liderança que vai passar para as equipes. Quando a prefeita e governador liberarem a gente volta”, explicou a presidente do Sindicato das Escolas Particulares, Erlândia Dantas.

As aulas presenciais nas redes pública e privada estão suspensas desde o dia 17 de março, na semana em que o Acre confirmou os três primeiros casos de Covid-19. Desde então, os alunos têm acesso ao conteúdo escolar pela internet por videoaula, pelo rádio com audioaula, pela televisão e também pelo material impresso adquirido nas escolas.

Diferente da rede particular, as escolas estaduais devem retomar as atividades presenciais só em 2021. Isso foi o que determinou, no início de agosto, a Secretaria de Educação, Cultura e Esportes do Acre (SEE) durante o Fórum Estadual de Educação.

Treinamento

Elândia disse que vai participar um representante de cada segmento das instituições. Porteiros, apoio, administrativo, professores, auxiliares, zeladores, merendeiras e outros devem participar. Cada escola vai selecionar uma equipe.

“Vai um representante de cada segmento porque cada área dessa é um procedimento diferente. São dez horas e podemos fazer em dois ou três dias. Ainda estamos montando as turmas para saber quantas vão dar, vamos ter certificado dizendo que a escola está capacitada, que é segura e o sindicato vai disponibilizar um selo de escola segura para que os pais tenham mais segurança”, confirmou.

O treinamento foi uma exigência da Prefeitura de Rio Branco e do governo do Acre para o retorno das aulas presencias, segundo Elândia. Após a capacitação, a sindicalista disse que as escolas vão debater uma data para a retomada das atividades.

“O protocolo foi aprovado e fizeram algumas ressalvas, que são justamente as capacitações que vamos fazer. Com o protocolo aprovado, escolas treinadas, vamos ver se o Acre passa para a faixa verde, aí vamos sentar com a prefeita, secretário de Educação, de Saúde e ver as possibilidades de retorno e a partir de quando”, concluiu.

Redação FN

 Fonte G1

comentarios

Comentários estão fechados.