Fábio Araújo crítica condução da reversão do DEPASA e diz que sistema pode entrar em colapso

O vereador Fábio Araújo (PDT) usou a Tribuna da Câmara de Rio Branco (CMRB) nesta quinta-feira, 2, para falar da sua preocupação em relação à condução da reversão do sistema de saneamento, que voltará para a Prefeitura de Rio Branco em 2022.

De acordo com o parlamentar, não há previsão orçamentária na Lei Orçamentária Anual (LOA) do Estado para o Depasa de Rio Branco em 2022.

Na sessão, o parlamentar apresentou um requerimento para Audiência Pública com o Saerb e cobrou mais clareza na condução da reversão do saneamento.

“O Depasa não tem previsão orçamentária e nem de contratos para cuidar do saneamento de Rio Branco, ou seja, a partir de 1 de janeiro, o saneamento vai ser passado para o município de Rio Branco. O presidente do Saerb disse que estava pronto para assumir, mas ninguém viu nada e nem sabe de nada e precisamos saber o que está acontecendo porque não há nenhuma licitação pública ou prevista. Pelo o que eu vi na audiência pública da Aleac, o sistema de saneamento pode entrar em colapso no dia 1 de janeiro”, afirmou.

Fonte: AC24Horas

comentarios
você pode gostar também