WhatsApp Image 2022-04-14 at 11.32.02
WhatsApp Image 2022-02-09 at 13.20.53
WhatsApp Image 2022-01-08 at 06.02.50
odonto-acre-1024x325-1-300x95
Propaganda GoVista
previous arrow
next arrow

Definido: Jorge Viana disputará o governo e Jenilson o senado

APÓS uma conversa entre o ex-senador Jorge Viana (PT), que será candidato a governador; e o deputado Jenilson Leite (PSB),  ficou definido que o deputado será o candidato a senador da federação formada pelo PT-PV-PCdoB.

 

 

Jenilson confirmou na noite de ontem ao BLOG que a reunião aconteceu, e que está inclinado a abdicar de disputar o governo e ser candidato a senador. Acha que com o Jorge Viana fora do páreo a eleição para o Senado ficará equilibrada e sem um amplo favorito. Terá em torno da sua candidatura, numa aliança, o PT-PV-PCdoB-PSB.

 

E, tudo caminha para o desfecho já anunciado por este BLOG, que a chapa do grupo será formada por Jorge Viana (PT) ao governo, Jenilson Leite (PSB) para o Senado, e César Messias (PSB), como vice.

 

NO APITO FINAL

 

O ANÚNCIO da chapa acontecerá na convenção do PT, no próximo dia 30, numa festa no diretório do partido.

 

OTIMISTA E EUFÓRICA

 

CHEGA a ser contagiante o otimismo, a alegria e a fé da deputada federal Jéssica Sales (MDB), quando fala da sua candidatura ao Senado, que é fato decidido. Estará na convenção do MDB do próximo dia 5. Jéssica está otimista que ganhará a eleição. É um exemplo de vida para que enfrentou um tratamento contra um Câncer de mama.

 

DISPUTA BRABA

 

A DISPUTA pela única vaga do Senado será braba.

 

CANDIDATURA NA RUA

 

Quem está com a candidatura ao Senado na rua, é o advogado Sanderson Moura (PSOL), um nome que por certo vai tornar o debate ainda mais qualificado.

 

MÃOS PARA OS CÉUS

 

UM DOS principais assessores do candidato do PSD ao governo, senador Sérgio Petecão, comemorava ontem numa roda o fato da prefeita de Senador Guiomard, Rosana Gomes, estar apoiando a candidatura à reeleição do governador Gladson Cameli: “Já coloquei as mãos para os céus em agradecimento. Se ela apoiasse o Petecão, o seu alto desgaste cairia todo no seu colo”.

 

VIRADA DE JOGO

 

JÁ o ex-vereador Gilson da Funerária, que foi adversário do grupo do senador Petecão (PSD), na eleição passada para a prefeitura de Senador Guiomard, está lhe apoiando. Na política o jogo é do perde e ganha.

 

CONVERSA NA PAUTA

 

COMO O PT terá a candidatura do ex-senador Jorge Viana ao governo, os prefeitos dissidentes Jerry Correia (Assis Brasil); Isaac Lima (Mâncio Lima) e Fernanda Hassem (Brasiléia) serão chamados para uma conversa.

 

ACABOU O ARGUMENTO

 

É QUE, não existe mais o argumento de que apoiaram o Gladson Cameli, por o PT não ter candidato ao governo.

 

CANDIDATO COMPETITIVO

 

O PSDB tem um candidato competitivo a deputado estadual. É o Cícero Furtado, um quadro qualificado.

 

FOI PARA O SAL

 

A PUBLICITÁRIA Charlene Lima, conta quem com ela conversou, que se encontra desolada por não vir mais os recursos prometidos pela direção nacional ao PL, no montante projetado. Tinha chapa completa para a ALEAC e Câmara Federal no PTB, e largou tudo por pensar que, ao desembarcar no PL, estava indo para o paraíso. A tendência da chapa de Federal é ir para o sal.

 

TÁ FICANDO DOIDO!

 

A PARADA foi cômica. Um candidato a deputado estadual pelo PL, ligou para o Sérgio Petecão (PSD), com o seguinte apelo: “Petecão, você é amigo do presidente do PL, Valdemar Costa, pede para ele mandar recursos para a gente não morrer de sede”. Resposta do Petecão: “Tu é doido? Pedir para mandar dinheiro para vocês pedirem votos para o Gladson, só dia de São Nunca”.

 

PLANO B

 

QUEM transita pelos bastidores do poder contou ontem ao BLOG que, o senador Márcio Bittar (União Brasil) já está avisado que a Márcia Bittar (PL) não será a vice na chapa do Gladson Cameli.
Pesquisas e pressões levaram ao desfecho. Falava-se ontem que, o Márcio Bittar tentaria como Plano B indicar o filho João Paulo a vice.

 

CHAPA ENFRAQUECIDA

 

O COMENTÁRIO ontem no PP era de que o deputado Manoel Moraes (PP) não disputaria a reeleição; e que, o candidato seria o seu filho Cristian, pelo REPUBLICANOS. O deputado Gérlen Diniz (PP) anunciou ontem que será candidato a deputado federal. Com isso, a chapa do PP para a ALEAC, que tinha projeção de eleger cinco parlamentares, quebrou as pernas, e ficou bem
enfraquecida.

 

PEGOU CORPO

 

JÁ a chapa do PP para a Câmara Federal, que era anêmica, se vitaminou com as candidaturas do vereador Samir Bestene (PP) e do deputado Gérlen Diniz (PP).

 

O BOCA JOGOU DURO

 

CONTA QUEM PARTICIPOU da reunião do prefeito Tião Bocalom com o secretariado, que o velho Boca jogou duro. Falou que não admitirá secretário que não trabalhe as candidaturas do senador Petecão (PSD) ao governo e da Mailza Gomes (PP) para o Senado. E que, a tolerância será zero com quem apoiar o Gladson Cameli.

 

EXTENSIVO À NABIHA

 

QUEM passou ontem a informação ao BLOG, comentou que o recado foi extensivo à secretária municipal de Educação, Nabiha Bestene, uma camelista juramentada.

 

NOMES PARA FEDERAL

 

OS CANDIDATOS que terão apoio do secretariado para deputado federal, são o vereador Samir Bestene (PP), Normando Sales (PSDB) e Artur Liborino (PODEMOS).

 

LEGENDA GARANTIDA

 

O DEPUTADO Luiz Gonzaga (PSDB) exibiu ontem gravações dos dirigentes nacionais do MDB lhe dando a garantia de que, ele terá legenda para disputar a reeleição. Não tinha sentido brecar um candidato que tende se eleger e ajudar o PSDB a fazer mais deputados.

 

CONTAS DE QUEM ENTENDE

 

UM PARLAMENTAR que sabe tudo de política e mexe bem com os números eleitorais fez ontem um cálculo para o BLOG, com projeção de que o coeficiente para a Câmara Federal ficará em torno de 58 mil votos. Neste teto, o mínimo que um candidato poderia ter para começar a disputar a eleição (não é para ganhar) seria ter na largada 11 mil e 600 votos. Sem isso, nem disputa.

 

NÃO VAI TER MIXARIA

 

ESCUTO muito antes de fazer um comentário. A deputada federal Vanda Milani (PROS) não terá a baixa votação para o Senado, que os adversários apregoam.

 

“SABEMOS COMO CONVERSAR”

 

UM NOTÓRIO cacique da extinta Frente Popular do Acre, comentava ontem que, muitos dos dissidentes do PT voltarão para se engajar na candidatura do Jorge Viana (PT) ao governo. “Sabemos como conversar com eles”, disse ao BLOG.

 

O CACHIMBO DEIXOU A BOCA TORTA

 

POLÍTICO de um município do Alto Acre do grupo do Gladson fez um comentário ontem ao BLOG, que é pertinente. “Três assessores do governo vieram aqui, falaram bonito, mas não falaram o principal, que o recurso da campanha. Sem isso, ninguém vai para a rua. Conversa não dá voto”. Um detalhe: é ocupante de cargo de confiança. O uso do cachimbo deixou a boca torta.

 

CLIMA DE EUFORIA

 

O CLIMA entre os políticos da federação, formada pelo PT-PSB-PV e ainda o aliado PSB, é de euforia com a candidatura do Jorge Viana ao governo.

 

CONVERSAS ABERTAS

 

OS bastidores fervem com conversas para sedimentar a unidade de todos da oposição, contra o governador Gladson no segundo turno. Na oposição não há dúvida de que o governador Gladson estará no segundo turno.

 

TUDO ZERADO

 

PARA o deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB), o jogo para saber quem vai para o segundo turno enfrentar o governador Gladson Cameli ficou zerado, com a candidatura do Jorge Viana para o Palácio Rio Branco.

 

FRASE MARCANTE

 

“O tempo é um grande professor, mas infelizmente ele mata todos os seus discípulos.” Hector Berlioz

 

https://www.instagram.com/techvwear/

 

Por Ac24Horas

comentarios

Comentários estão fechados.