Crianças morrem após comerem macarrão instantâneo

Dois irmãos, de 9 e 13 anos, morreram após comerem macarrão instantâneo, em Mpumalanga, na África do Sul, na semana passada. O caso aconteceu dias após duas crianças e um bebê também morrerem depois de consumir o mesmo produto.

À mídia local, a avó das crianças, Winnie Makofane, disse que os netos saíram em direção ao ponto de ônibus, na manhã. Poucos minutos depois, no entanto, o neto Keamoketswe Makofane correu de volta para casa para relatar que a irmã, Thato Makofane, havia desmaiado.

Winnie contou ter levado as crianças para uma clínica, mas a menina já estava morta. O menino mais velho ficou em casa com o irmão de 2 anos. A avó pediu que uma amiga ficasse com as crianças até sua volta, mas, ao chegar em casa, a mulher encontrou Keamoketswe no chão.

“Ela nos notificou imediatamente. O tio voltou para casa, pegou Keamoketswe e também correu com ele para a clínica, mas ele também foi declarado morto”, disse Winnie.

A polícia investiga as circunstâncias do caso. Segundo o porta-voz da polícia Busisiwe Mthethwa, os resultados da autópsia ainda estão pendentes.

O caso aconteceu dias após duas crianças, de 7 e 4 anos, e um bebê de 6 meses morrerem após comer macarrão instantâneo. Eles reclamaram de cólicas e enjoos e morreram a caminho do hospital.

Fonte: Metrópoles

comentarios
você pode gostar também