WhatsApp Image 2022-04-14 at 11.32.02
WhatsApp Image 2022-02-09 at 13.20.53
WhatsApp Image 2022-01-08 at 06.02.50
odonto-acre-1024x325-1-300x95
Propaganda GoVista
previous arrow
next arrow

Covid-19: Comerciantes que abrirem lojas no AC vão ser notificados e podem responder por desobediência

Fiscalizações são feitas pelas polícias Civil e Militar nos comércios de Rio Branco e no interior do estado

Lojas de roupas, calçados, cosméticos, variedades e outros comércios não essenciais que abrirem durante a pandemia de Covid-19, no Acre, vão ser notificados pela Secretaria de Justiça e Segurança Pública.

Na tarde deste sábado (21), a Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) confirmou o 11º caso de Covid-19. Os pacientes são todos de Rio Branco.

Os comerciantes que desrespeitarem o decreto governamental, publicado na sexta-feira (20), que suspende as atividades não essenciais no estado acreano, podem responder criminalmente por desobediência.

Com o avanço da doença no Acre, o governador Gladson Cameli publicou um decreto determinado o fechamento de shoppings, bares, boates, lanchonete, restaurantes, lojas e outros estabelecimentos. Só podem funcionar mercados, supermercados, farmácias e drogarias, padarias, distribuidoras de água e gás, hospitais e outros setores essenciais.

“Na prática, hoje, o trabalho foi realizado pela PM de manhã e a Polícia Civil está dando continuidade com as notificações. A PM-AC fechou alguns estabelecimentos como prevenção, avisou do decreto porque ele só tornou público no final da tarde de sexta. Então, boa parte dos empresários locais não tinham conhecimento dele”, explicou o secretário de Segurança Pública, coronel Paulo Cézar Santos.

Comércio aberto

Mesmo com o decreto, algumas lojas abriram as portas na manhã deste sábado no bairro Estação Experimental, na capital acreana. O Jornal do Acre 1ª Edição mostrou que o comércio funcionou normalmente no bairro.

A prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Econômico, informa que em parceria com a Secretaria de Saúde e a Vigilância Sanitária irá aos locais mencionados para fazer o trabalho de orientação e fiscalização dos comerciantes

Denúncia

A população pode ajudar na fiscalização durante a suspensão das atividades comerciais no estado. A denúncia pode ser feita pelo número 181 do Disque-Denúncia. A ferramenta vai ficar disponível para atender as demandas durante o período em que os comércios precisam ficar fechados.

“As notificações vão começar agora à tarde. Em um primeiro momento, os estabelecimentos que estiverem abertos, contrariando o decreto, será notificado. Esse estabelecimento será cadastrado e após notificado, em uma segunda oportunidade, se ocorrer reabertura, o responsável será conduzido à Delegacia de Flagrante para lavratura de um procedimento por desobediência”, concluiu

Covid-19 no Acre

Na terça-feira (17), o governador do Acre, Gladson Cameli, decretou situação de emergência devido à pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

O decreto 5.465, válido por 30 dias e podendo ser prorrogado, aponta ainda que as recomendações valem até que a emergência em saúde prevaleça, assim como determinou o Ministério da Saúde.

Na sexta (20), a Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) aprovou o pedido de calamidade pública enviado pelo governador Gladson Cameli à Casa. O pedido foi aprovado por unanimidade e tem validade até dezembro deste ano.

Também na sexta, Cameli determinou a suspensão dos serviços não essenciais no Acre. Em uma edição extra do Diário Oficial do Estado (DOE), o governador mandou fechar shoppings, bares, restaurantes, lanchonetes e diversos outros estabelecimentos.

A pandemia de Covid-19 foi declarada desde a quarta (11) pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Como evitar o contágio

  • Cobrir a boca e nariz ao tossir ou espirrar;
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal;
  • Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado;
  • Lavar as mãos por pelo menos 20 segundos com água e sabão ou usar antisséptico de mãos à base de álcool;
  • Deslocamentos não devem ser realizados enquanto a pessoa estiver doente;
  • Quem for viajar aos locais com circulação do vírus deve evitar contato com pessoas doentes, animais (vivos ou mortos), e a circulação em mercados de animais e seus produtos.
comentarios

Comentários estão fechados.