WhatsApp Image 2022-04-14 at 11.32.02
WhatsApp Image 2022-02-09 at 13.20.53
WhatsApp Image 2022-01-08 at 06.02.50
odonto-acre-1024x325-1-300x95
Propaganda GoVista
previous arrow
next arrow

Covid-19: Acre reduz em Julho 31,43% no número de óbitos e 19% de novos casos diários em comparação ao mês passado

Brasiléia, Acre

 

A pandemia da Covid-19 ainda está longe de deixar de ser uma das preocupações diárias dos acreanos. Aliás, os especialistas afirmam que só vai mesmo deixar de ser um empecilho para a volta da vida normal com a chegada de uma vacina eficaz, prevista apenas para o ano que vem.

Mas, há uma boa notícia nos primeiros 17 dias do mês de julho. Aos poucos, a média de casos e mortes vai baixando, apesar de ainda oscilar muito entre um dia e outro.

um jornal fez uma comparação com os primeiros 17 dias do mês de junho. Os números mostram que há uma sensível redução na média diária de mortes e também de novos casos.

Nos primeiros 17 dias do mês passado, o Acre contabilizou 120 mortes causadas pela Covid-19. O número representa uma média de 7 mortes por dia neste período. Agora, em julho, também nos primeiros 17 dias do mês, o percentual do número de mortes diárias caiu para 4,8 pessoas, uma redução de 31,43%, com o registro de 82 óbitos.

Apesar de menor, o Acre também está reduzindo de forma gradativa o número de casos diários da doença. De 1º até o dia 17 deste mês, o Acre apresentou, de acordo com dados oficiais, 3.250 novos casos da Covid-19. Na prática, significa que 191 pessoas se infectam todos os dias.

O número é 19% menor do que o registrado no mesmo período do mês passado. Em junho, essa média diária foi 236 novos casos, já que o número de pessoas infectadas no período foi de 4.013.

Fronteira News Acre - Banner Topo

Se essa redução vai significar mudança na vida dos acreanos, a resposta deve vir na próxima segunda-feira, 20, quando o comitê do Pacto Acre Sem Covid provavelmente divulga o nível de contaminação do período entre 5 a 18 de julho e o cálculo que leva em conta, por exemplo, a taxa de ocupação de UTI e de leitos clínicos.

O pacto define que a abertura do comércio e de outras atividades não essenciais é baseada no nível em que se encontra cada região. No Acre, apenas o Juruá, não se encontra no nível vermelho, que é o mais crítico. Exatamente, por isso, parte do comércio, mesmo ainda com restrição, foi autorizado a voltar a funcionar.

Redação FN
Fonte: ac24horas
Fronteira News Acre - Anuncie aqui
comentarios
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.