Comissão da prefeitura vai analisar projeto do ‘Papai Noel Gay’ na próxima semana

A assessoria da prefeitura de Rio Branco informou que o projeto social denominado ‘Papai Noel Gay’ e mais 159 propostas deverão ser analisados por uma comissão específica, já na próxima semana. Caso seja aprovado, a iniciativa estará apta a ser financiada pelo poder público em até R$ 15 mil.

Antes mesmo de ser analisado, a proposta já está causando polêmicas, inclusive, o deputado estadual Roberto Duarte (MDB) usou as redes sociais para criticar a iniciativa e pedir que a prefeitura não aprove o projeto de caráter social.

O projeto faz parte do edital n.º 01 do Fundo Municipal de Cultura, instituído no âmbito do Sistema Municipal de Cultura, que incentiva a cultura através da arte. Segundo o assessor de Planejamento da FGB, João Guedes Filho, neste ano de 2021 o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, aumentou o valor dos editais em 50%. No ano passado o valor era R$ 1.000.000,00 e esse ano é R$ 1.500.000,00, contribuindo ainda mais com a cultura do município. “Esse ano o prefeito deu um ‘plus’ no valor desses editais e a importância é que aumentou o número de pessoas que procurou pelo edital, gerou cultura em todos os segmentos de importância social, cultural, para um município muito grande que é Rio Branco”, disse o assessor da FGB.

De acordo com os dados, o edital recebeu 238 propostas e, desse total, 160 foram selecionadas para a segunda fase de avaliação – incluindo o ‘Papai Noel Gay’, onde as propostas vão passar por uma análise de mérito e relevância, em que uma comissão, composta por dois membros da sociedade civil, indicados pelo Conselho Municipal de Políticas Culturais, e 1 membro indicado pela gestão da FGB, vão analisar: a Contribuição Cultural Artística, o Objetivo Social do Projeto, ou seja, se o projeto contribui ou não para o desenvolvimento dos rio-branquense, e o orçamento, para verificar quais projetos serão levados adiante para serem aprovados ou não. “Essa comissão faz o mesmo trabalho só quanto ao mérito do projeto, o alcance social, a relevância e a importância do projeto para cada área. Esse processo é feito e está sendo avaliado nesse momento. Na próxima segunda-feira deve sair o resultado provisório, então só temos acesso ao alcance real do projeto e qual a finalidade, após esse projeto retornar para a gestão para gerenciar a divulgação e demais coisas”, explicou.

O projeto musical “Papai Noel Gay”, apresentado por Anderson Cassidy de Alves Montenegro, deverá ser apresentado em Rio Branco. A iniciativa foi homologada e publicada na edição do Diário Oficial da última semana pelo presidente da FGB, Pedro Aragão.

O assunto ganhou notoriedade depois de uma propaganda da empresa estatal de postagens da Noruega, a Posten, onde comemora 50 anos da descriminalização da homofobia no país. Na peça publicitária, o papai Noel beija um homem – como em alguns países o beijo gay ainda é um tema polêmico, o assunto ficou entre os trending topics (assuntos mais comentados) brasileiros nas redes sociais.

Fonte: AC24Horas

comentarios
você pode gostar também