WhatsApp Image 2022-04-14 at 11.32.02
WhatsApp Image 2022-02-09 at 13.20.53
WhatsApp Image 2022-01-08 at 06.02.50
odonto-acre-1024x325-1-300x95
Propaganda GoVista
previous arrow
next arrow

Câmara tentará votar adiamento das eleições municipais nesta quarta (1)

Brasileia, Acre

 

A Câmara dos Deputados se prepara para votar nesta na quarta-feira (1º) a proposta de emenda à Constituição (PEC) que adia para 15 e 29 de novembro o primeiro e o segundo-turnos as eleições municipais — o texto já foi aprovado no Senado.

Parte dos parlamentares entende que é preciso alterar as eleições em virtude da pandemia de coronavírus. No entanto, os mandatos atuais não seriam esticados. A posse dos novos prefeitos e vereadores continuaria em 1º de janeiro do ano que vem.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse ontem que tudo caminha para o fechamento de um acordo de líderes na Casa, colocando a PEC em votação hoje. “Está avançando para que a gente consiga colocar a matéria em votação”, afirmou.

Se a proposta for aprodavada como está, a PEC será promulgada pelo Congresso. Se for rejeitada, vale o calendário atual, com a realização do primeiro e do segundo-turnos em 5 e 25 de outubro, respectivamente.

Para ser aprovada na Câmara, a proposta precisa do apoio de 308 deputados, em duas votações.

O ex-líder do Cidadania Rubens Bueno (PR) afirma que é preciso decidir logo sobre o adiamento ou não da votação. Ele lembra que, no sábado (4), se encerra o prazo para políticos compatibilizarem-se para a disputa dos municípios. Daqui a alguns dias, em 17 de julho, começará o recesso parlamentar.

“Nossa posição, a do Cidadania, é pelo adiamento, de acordo com as autoridades sanitárias e Justiça eleitoral, sem prorrogação de mandatos”, disse ele. “Pela defesa da vida e da democracia.”

Redação FN

Fonte:uol

Fronteira News Acre - Banner Topo

comentarios
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.