WhatsApp Image 2022-04-14 at 11.32.02
WhatsApp Image 2022-02-09 at 13.20.53
WhatsApp Image 2022-01-08 at 06.02.50
odonto-acre-1024x325-1-300x95
Propaganda GoVista
previous arrow
next arrow

Instalação da usina de nitrogênio no AC reduz preço do produto

O investimento é de R$ 800 mil e funciona desde março do ano passado.

Fonte: Tácita Muniz, g1 AC — Rio Branco

 

O nitrogênio líquido é um elemento muito usado e crucial para a conservação de material genético, mas até março do ano passado o Acre não possuía uma usina local desse produto, sendo que apenas revendia o que era comprado no estado vizinho, Rondônia, o que pesava no bolso no consumidor final.

Instalação da usina de nitrogênio no AC reduz preço do produto em 60% e beneficia quem trabalha com melhoramento genético  — Foto: Sepa

Instalação da usina de nitrogênio no AC reduz preço do produto em 60% e beneficia quem trabalha com melhoramento genético — Foto: Sepa

Porém, a Secretaria de Produção e Agronegócio (Sepa), em parceria com a Universidade Federal do Acre (Ufac), montou uma usina que funciona na universidade e fez o valor desse produto ser mais barato para quem precisa comprá-lo.

Com isso, o preço do litro do nitrogênio para o consumidor final caiu de R$ 30 para R$ 12, ou seja, uma redução de 60% e atualmente atende quase 500 produtores no estado.

Jalceyr Pessoa, zootecnista da Sepa, explica que foram investidos aproximadamente R$ 800 mil, oriundo de recursos estaduais e emenda parlamentar, para a implantação da usina no estado. De março de 2021 até junho deste ano, foram 500 atendimentos, sendo em sua maioria, 462, produtores. O restante foi para professores e pesquisadores.

Com isso, já foram arrecadados R$ 127 mil, que foram destinados para a Fundação de Apoio e Desenvolvimento ao Ensino, Pesquisa e Extensão Universitária do Acre (Fundape) e revertidos na manutenção dos equipamentos.

“O nitrogênio líquido que é um insumo indispensável para conservação de material genético. Desde sêmen para bovinocultura como também os embriões que são largamente utilizados aqui armazenados tanto na usina de corte e de leite, e consequentemente, o maior público de consumo desse nitrogênio são os produtores rurais, que focam em conservar principalmente as doses de sêmen de touros provados, testados, com alto desempenho em campo”, destaca.

Nitrogênio líquido que é um insumo indispensável para conservação de material genético — Foto: Sepa

Nitrogênio líquido que é um insumo indispensável para conservação de material genético — Foto: Sepa

Marco no estado

Sobre a logística, que acabava encarecendo o produto, o zootecnista explica que isso acabou contribuindo para a agropecuária no estado. Já que agora, é possível comprar o nitrogênio em uma usina local e gastar menos com isso.

“No passado, quando o Acre não tinha nenhuma usina para fornecimento do nitrogênio, nós tínhamos uma dependência muito grande do estado de Rondônia, e aí esse valor a ser pago aqui era acrescido em decorrência do frete que chegava aos R$ 30. A partir do momento da instalação da usina, nós temos a possibilidade de comercialização e oferta de nossos produtores a R$ 12 o litro do nitrogênio”, destaca.

O secretário da Sepa, Edivan Azevedo, completa dizendo que a implantação da usina no estado marca um dos maiores avanços na área.

“A logística inviabilizava o uso da inseminação artificial para o pequeno produtor de leite e com isso ele não podia usufruir dos benefícios do melhoramento genético. Hoje a usina comercializa o litro a R$ 12 e tem oferta abundante e afirmo que a instalação da usina de nitrogênio foi o maior investimento do estado, em todos os tempos, no apoio ao melhoramento genético animal para os pequenos produtores rurais”, finaliza.

comentarios
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.